Como dominar a inteligência emocional? Aprenda a controlar suas emoções em 7 passos

A Inteligência emocional é um conceito da psicologia que diz respeito à capacidade de administrar bem as próprias emoções, de forma controlada e eficaz.

Quem domina essa habilidade, entende os motivos que o levam a estar triste ou feliz, consegue aliviar o estresse mais facilmente e resolver conflitos, criando alternativas positivas em diferentes cenários e com relações bem construída.

Mas como controlar as próprias emoções? Aprenda, em 7 passos, como dominar a inteligência emocional e transformar as suas relações, tanto pessoais, quanto profissionais.

Por que entender como dominar a inteligência emocional?

Você já deve ter notado como o universo dos negócios está diferente: as empresas trabalham com um propósito, o consumidor busca produtos com menos impactos ambiental, e a contribuição social tem se tornado um valor para marcas em todo mundo.

As mudanças também chegaram no setor de Recursos Humanos, que está avaliando outros aspectos do candidato, além das habilidades específicas da profissão.

A inteligência emocional é uma qualidade muito importante, especialmente em cargos de liderança e gestão e pode fazer toda a diferença na sua carreira.

O pensamento crítico, a racionalidade e a capacidade de mediar conflitos e resolver situações complexas são características cada vez mais valorizadas nas empresas e, sim, você pode desenvolvê-las, usando as estratégias adequadas.

7 passos para dominar a inteligência emocional definitivamente

Pode parecer complexo no início, mas com pequenas mudanças na forma como você se relaciona consigo mesmo e as outras pessoas, você pode dominar sua inteligência emocional. Confira!

  1. Seja consciente sobre seu comportamento

O primeiro passo para desenvolver a inteligência emocional é analisar o seu comportamento atual. Veja como você reage em cada situação, boa ou ruim, tanto os movimentos corporais quanto as reações mentais.

Quando temos a percepção do nosso comportamento, podemos começar a trabalhar as mudanças daquilo que não nos agrada.

  1. Mude a forma como você lida com emoções negativas

Situações ruins, que ativam emoções como tristeza e ansiedade acontecem a todo o tempo e temos mais dificuldades de lidar com elas.

Quando os sentimentos negativos aparecerem, não se deixe ser dominado por eles. Ao contrário, busque tirar um aprendizado de cada situação para evoluir enquanto pessoa e profissional.

  1. Use os pontos fortes para ser mais confiante

Ser autoconfiante, especialmente em cargos de liderança, ajuda a conquistar os objetivos. Para aumentar a confiança em você mesmo, analise suas características. Identifique seus pontos fortes e fracos; valorize as características que mais gosta e tente melhorar aquilo que te incomoda.

  1. Ouça as outras pessoas

Saber lidar com emoções exige conhecimento e nada melhor do que ouvir as outras pessoas para entender melhor a forma como cada um reage a determinada situação.

Mas não basta apenas deixar a outra pessoa falar: ouça de verdade e absorva o que o outro tem a lhe dizer.

  1. Trabalhe a empatia

Se você aprender a ouvir, esse passo fica mais fácil. A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro.

Se um liderado não entrega os resultados esperados, o que pode ser mudado? Como ajudar essa pessoa a melhorar seu desempenho?

Colocar-se no lugar do outro é tentar entender suas dificuldades e anseios e encontrar soluções positivas.

  1. Saiba dizer não

Para dominar a inteligência emocional é preciso ser claro ao dizer não. Nem todo mundo consegue negar, de forma direta, algum pedido ou solicitação e isso cria instabilidade nas relações.

Expresse seus limites e faça com que o outro entenda a sua negativa e seus motivos.

  1. Seja resiliente

Por fim, diante de uma situação ruim, respire fundo e siga em frente. Pessoas com inteligência emocional lidam bem com a pressão e encontram motivação para seguir adiante, mesmo se os resultados não acontecem da forma esperada.

Desenvolva melhor as suas habilidades e competências emocionais. Conheça os serviços da Profap e veja como podemos te ajudar a cuidar da administração do seu quadro funcional.

1 Comentário

  • Marina samtana  18 de agosto de 2020 at 18:19

    Esse texto é ótimo me ajudou em um trabalho de escola

    Responder

Deixe um comentário

Por favor, informe o seu nome Por favor, informe o seu endereço Por favor insira a mensagem