5 dicas para o negócio MEI crescer

5 dicas para o negócio MEI crescer

Se tornar um microempreendedor individual (MEI) é a chance de sair da informalidade e virar um verdadeiro empresário, ajudando a gerar riquezas para a sua região e fazer a economia girar.

Para ser um MEI, é preciso ter faturamento anual de até R$ 81 mil, estar enquadrado dentro das atividades permitidas pela Lei Complementar 128 e contratar apenas um funcionário.

Apesar do nome, é possível sim fazer o negócio MEI crescer e, quem saber, até passar a ser enquadrado em outra categoria, se transformando em micro ou pequena empresa.

Confira 5 dicas da Profap para seu empreendimento crescer e apresentar resultados cada vez mais satisfatórios.

1.    Análise sua área de mercado e o cenário econômico para o negócio MEI crescer

Antes de iniciar um negócio, é preciso fazer uma pesquisa de mercado e analisar o momento econômico do país.

Qual a demanda de mercado na sua região? Que tipo de empresa faria a diferença na vida das pessoas? Qual serviço está em falta e você pode oferecer.

Estude todos esses detalhes e as chances do negócio MEI crescer serão muito maiores.

2.    Encante seus clientes

Mesmo que não inove na oferta de produto ou de serviço, é possível inovar na forma como você atende o seu cliente.

Se você trabalha com marmitas, que tal oferecer opções light ou veganas? Se trabalha com estética, uma possibilidade é se especializar em um nicho, como cortes de cabelo diferenciados ou maquiagem para pele negra.

O importante é descobrir qual caminho funciona melhor para você e achar meios de encantar o público.

3.    Conquiste o público com um bom marketing

As redes sociais são um bom caminho para que o cliente encontre a sua marca. Para isso, faça um marketing de qualidade, com conteúdo relevante e alinha aos valores da sua empresa.

Não se esqueça de manter o mesmo nível de discurso no dia a dia da empresa e de combinar ações on e offline, de maneira a atingir tanto o público que te acompanha pela internet, quanto aquele que ainda não está virtualmente engajado.

Confira algumas dicas para ter sucesso nas redes sociais.

4.    Aproveite o cartão BNDES MEI

O cartão BNDES MEI é uma linha de crédito especial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social voltado para microempreendores financiarem a compra de produtos e serviços para a expansão do seu negócio.

Com esse cartão, é possível adquirir novas estruturas para a empresa, com condições especiais e valores bastante atrativos.

Confira aqui o artigo que a Profap preparou sobre o cartão BNDES MEI.

5.    Ofereça várias opções de pagamento

Por fim, lembre-se de oferecer várias opções de pagamento, como cartão de crédito e de débito, dinheiro ou até descontos especiais para os clientes fiéis.

A relação das pessoas com o dinheiro está mudando, e o dinheiro de plástico (o cartão) é uma realidade para grande parte dos consumidores – isso sem contar as tecnologias de pagamento por aproximação, que também já está ganhando muitos adeptos.

Acompanhe as novidades do seu mercado, confira as tendências de consumo e, principalmente, escute o seu cliente. Assim, você garante estratégias para o negócio MEI crescer e se torna um empreendedor de sucesso.

Para cuidar dos balanços da empresa e fazer o negócio MEI ser ainda mais sólido, conte com a Profap. Oferecemos diversas soluções que organizam a parte burocrática do negócio, para que o empreender esteja focado em planejar o crescimento da marca.

Conheça o portfólio da Profap e surpreenda-se com os resultados!

1 Comentário

  • Regilene de Jesus  9 de novembro de 2020 at 16:51

    Gostei muito

    Responder

Deixe um comentário

Por favor, informe o seu nome Por favor, informe o seu endereço Por favor insira a mensagem